Prólogo de como se conquistar um Nerd

Pergunta: Qual a vantagem para uma mulher, namorar um cara vamos dizer.. NERD?

• Nenhuma amiga vai te roubar o cara.
• É um cara que pode te dar aulas de tudo quanto é coisa. De matemática a internet.
• Você pode ser a primeira garota da vida dele, a garota dos sonhos
• Seus pais vão adorar o cara
• Dificilmente você vai descobrir depois que o cara é gay.

Pergunta: Como reconhecer um cara NERD?

Socialmente falando, costuma ser meio invisível. Quer dizer, você passa por ele, mas ignora ou faz questão de fingir que ele não existe. Alguns preferem assim. As características principais são:

• A pele sem bronzeado, falta de sol de tanto ficar na frente do computador.
• O esculacho com as roupas é outra. Costuma haver exceções, mas eles preferem se vestir para cobrir a nudez e não para atrair a atenção do sexo oposto.
• A falta de um certo traquejo social. Passaram a maior parte da adolescência estudando ou lendo coisas que achavam interessantes.
• Falta ou excesso de agressividade nas relações humanas. A grande competição do NERD é o vestibular ou notas mais altas. 20 marmanjos suando e correndo atrás de uma bola de futebol tende a ser encarado como “pouco produtivo” e desnecessário. Salvo quando o Brasil está na COPA, lógico.
• Pensamento exageradamente voltado para sexo. De ouvir falar, sabem muita coisa.

Até aí, uma parte das meninas não vai saber a diferença entre um cara e outro. São seres solitários. Algumas vezes tem hábitos estranhos. Um deles é querer fazer esportes radicais, tipo remo ou canoagem (nem sempre com sucesso). Outro poderia ser uma coleção de insetos conservados em álcool, selos, fotos da Sharon Stone, etc. Umas fixações super originais. Pois é, né? Tem cara que é viciado em mecânica ou pode até desenvolver um gosto por música clássica, violão, sei lá. São modismos do cara que você olha e diz que é só ele que tem essa mania, tipo ver “Blade Runner” ou “Caçadores da Arca Perdida” 22 vezes. Rock pesado é comum embora alguns desenvolvam gosto por Vinícius de Morais achando que melhora com as meninas.

Pergunta: Como é que eu começo?

Primeira coisa, você tem que repensar toda sua forma de agir. Um Nerd é um território virgem a ser desbravado. Não adianta aceitar o convite dele para ver a coleção de aviõezinhos de montar da Revell. O sujeito é bem capaz de te mostrar a tal coleção. Sem nenhuma malícia. Uma lista de coisas que ele não sabe fazer:

• Entender que você está afim dele (demora muito para apagar a lembrança da rejeição que ele sempre sofreu da sociedade).
• Entender indiretas (tudo para ele é zero ou um, sim ou não)
• Deixar algo para amanhã (amanhã tem prova)
• Preparar um clima (se ele fizer algo que sugira comportamento sofisticado, cuidado, ele pode não ter consciência disso, pode estar só imitando alguém e não vai sustentar a pose muito tempo)
• Criar expectativa (mulher vive um pouco disso, até que descobre que ninguém olha mais para ela)

Concluindo: não é um relacionamento que você avança do estágio estranho total para nu frontal.

Pergunta: Tem mais alguma coisa que eu preciso saber?

Claro. Sempre tem. A principal é que, para fins de namoro, a mulher é menos inteligente do que o homem [e se não concorda, porque está lendo isso?(]. Se você está afim do cara, mostrar inteligência não é legal para o namoro. Não gosta do que o cara está falando, começa a descrever seu dia, peça ajuda numa lição de matemática. Tudo, tudo menos falar:

• De como gostava do seu antigo namorado, isso você fala quando que mandar ele embora
• Falar do que gosta num homem. Ele pode não ter essas qualidades
• Reclamar de grana. E se ele gastou tudo numa placa nova pro micro dele?
• Falar de coisas esotéricas em que ele não acredita.
• Contar antigos relacionamentos

( Não se reprimam ao vir reclamar que as mulheres são mais inteligêntes que o homem, blá, blá blá. Isso tudo é humor.

Eu também sou um nerd.

Boa sorte pras garotas

creditos: kraft jk
usuario do Cptubo!

Anúncios

HTML5! Futuro Próximo!

Opa, boa tarde a todos, fazia tempo que nao vinha no meu WP Blog, felizmente estou de ferias “aproveita e colocar as series em dias”, estou muito a pensar o que quero realmente da minha vida.

Pois bem, mas antes disso, sempre é bom relembrar o passado, ver o que passou e que deixou saudades, digo isso, porque antes de tudo, quando me interessei por coisas Geeks, Tecnologia e afins, na época queria ser um Web Designer, e pretendia fazer algum curso na área e tal, foi quando comecei a fazer um curso na época aqui em Fortaleza de Web, com o professor Anthony Conde (que veio a si tornar amigo meu posteriormente, ah ele não gosta que chame-o assim, chame Thony, nome gay! tomara que ele não venha a ler isso!) que passou toda a logica do negocio. Aprendi bastante, mas nao via um futuro promissor, por motivos bastantes claros, na epoca nem tinha computador, e na funçao precisaria mesmo voce ter um PC (na epoca nao tinha pensamento normal, querer um PC, hoje tenho ate algo na cabeça, quero um MAC, lol) para praticar bastante, e estudar e desenhar é claro. Mas o que eu gostei bastante do curso foi o modulo de HTML, muito legal, linguagem de programaçao, achava isso lindão, me achava ate um hacker (so idiota mesmo, lol).

Alguns anos se passaram (nao sou velho) e hoje vejo que a perfomance e a tecnologia esta bastante afiada, estava a ler sobre o HMTL 5, e de mais, antes faziamos um codigo de marcaçao bastante grande, para analisar ficava bastante ruim, ja com esta nova versao, PERFEITO, cada qual no seu canto e semantica no codigo.

Para que se interessar mais no assunto:

wikipedia

W3C br