[serie] Suits

E ai galera, joinha, vindo aqui com um novo post de uma serie que por sinal, me conquistou, por ser uma serie bastante inteligente, com muito drama. Ela é chamada de Suits, serie americana ( é realmente, vindo aqui falar de uma serie americana, mas informo, que nem todas as series americanizadas, não são chatas ), falando sobre Direito ( nada convencional do que vejo ). Diferente de White Collar, ela é uma serie bem interessante, pelos diálogos e pelos personagens.

Suits é uma serie americana da emissora USA Networks, afiliada da NBC (eca), que por sinal, não retirou da grade da USA, continuando, falando sobre um escritório de advocacia, no qual tem um brilhante advogado em ascensão “Harvey Specter (Gabriel Macht)” tem um encontro meio inusitado com jovem inteligente e “ex-estudante” de direito “Mike Ross (Patrick J. Adams)”, e com isso, criam uma especie de melhores duplas na área, sendo assim, saindo de varias situações, nos quais, as vezes bem felizes e outras tristes. Fora isso, os outros personagens também são fantásticos. Louis Litt(Rick Hoffman), Jessica Pearson(Gina Torres) e Rachel Zane(Princesa Meghan Markle) e em especial Donna Roberta Paulsen (Sarah Rafferty), mais conhecida como Donna. No meu ponto de vista, é considerado um personagem no mesmo nível do Harvey e do Mike, não é a toa que ela está bem na ultima temporada.

Você que gosta de uma boa serie com elementos de drama inteligente, com algumas pitadas de elemento geek (alguns diálogos, eles falam de Star Wars.), faça como eu, maratonei ela em duas semanas. Indico ela sem sombra de duvida.

Agora em especial a personagem que tem meu respeito. Donna.

E este meme, no qual, quem for ver esta serie, irá ver que é verdade.

Espero que gostem do post. Espero que comentem.

Musica para post – Rossini – Il barbieri di Siviglia
Anúncios

[serie] Altered Carbon

Mais um post bom, de uma serie que pensei primeiro ler o livro, mas não tive paciência de esperar, rsrs. Serie baseada no livro de Richard K. Morgan, fala de um dos assuntos que mais gosto (devido a gostar de tanta coisa geek, foi um dos assuntos que amei desde a primeira vez) Cyberpunk, e conta um trama com bastante mistério, tecnologia e romance.

Serie começa num futuro distópico, no qual, a vida e baseada em um cartucho, vemos o personagem principal, Takeshi Kovacs, um samurai soldado, no qual teve sua infância deturpada e destruída por problemas familiares. Apos isso, mostra o mesmo já um soldado e após isso, sendo um detetive. Historia mostra um quebra-cabeça, nada tao difícil de entender. Continuando, mostra um pequeno romance com uma policial cascadura, famosa carne de pescoço. Esta trama leva a uma outra historia, no qual você somente ver isso, no ultimo capitulo.

Se você quer uma serie muito boa, com este tipo de assunto, cyberpunk, assista ou leia o livro do Richard K. Morgan. É uma trilogia, no qual somente o primeiro livro encontra traduzido. Pelo sucesso da serie, acredito que terá varias temporadas.

Imagens:

Fica a dica de serie boa e ótimo livro.

Musica para o post – DJ Snake – Let me love you

[serie] StartUp

Sabe quando você assiste um piloto de uma serie e tipo, é a SERIE. Bem, foi o que aconteceu quando vi o piloto desta serie. Primeiro, fala sobre algo novo e que é novo também para nós na vida real, cryptomoeda, moeda digital. Serie gira em torno deste assunto que agora está sendo bastante difundida ao mundo. Mas o que há de interessante nisso, simples, é o drama que rodeia o assunto que a torna bastante interessante. Serie que fala de um assunto de TI, que mistura drama, romance, ação e etc.

Serie começa bem porque no seu elenco tem nada mais nada menos que Adam Brody e Martin Freeman, olha o peso que a serie ganha, tem também Edi Gathegi e Otmara Marrero.

Izzy Morales(Otmara) é a coder que cria sua própria moeda digital que é chamada de Gencoin, até ai tudo bem, mas o diferencial da sua para as outras que a mesma tem um peso a mais que as outras, e na serie há uma outra chamada de Radcoin. Ela por uma situação da vida conhece o Nick Talman(Adam), que com seu pensamento um pouco humanitário, tenta investir um dinheiro não muito limpo na moeda, sendo que dai, cria a startup, neste rolo, Ronald Dacey entra na trama. O agente Phil Rask(Martin) é o cara que está no encalço do dinheiro sujo em que o pai do Nick tem, a partir dai, ele fica dando no encalço do pai como do filho.

Serie muito boa, acredito que será uma das melhores series sobre assunto TI, muito inovadora e com bastante assunto sobre. Indico mais que uma outra que está ai e que acho que merecia ser revista pelo fato de passar a metade da temporada revendo pensamentos do personagem principal. FIKDIK

Lembrando que é uma serie original do Crackle, criada por Ben Ketai e com produção do próprio Adam Brody.

Poster da Serie

startup-tv-show-on-crackle-season-1

startup-tv-show-on-crackle-season-2

Imagens da serie.

martinstartup

brodystartup

startup-on-crackle

Estamos a esperar se será renovada para segunda temporada, espero que sim.

Musica para post: ColdPlayAdventure of a lifetime

[serie] The Tunnel

Bonjour, Hello, começo este post na melhor forma, muito usado nesta serie que vou falar agora.

The Tunnel, uma serie de produção britânica e francesa, serie que foi baseada em uma das series que mais amo, Bron Broen, já escrevi sobre a serie sueca dinamarquesa, não nego que é uma das series que mais amo e que demora PA carai para sair a temporada.

A primeira temporada de The Tunnel foi bem parecida com a sueca, a serie toda e bem parecida com a sueca, mas se você analisar bem, há algumas diferenças. Eu assisti a primeira temporada e achei muito foda, ao contrario da americana que também foi baseada na sueca e que achei fraca ao ponto de nem indica-la. Pois bem, foi lançada a segunda temporada, termine-a hoje e tenho uma simples palavra: FODA.

Comprovada, temos duas series boas com visões diferentes. Atuação de Clemence Poesy é excepcional e do Stephen Dillane nem se fala. Para os amantes de series fora do eixo, indico demais.

thetunnel

thetunnel1season

Capa das duas temporadas.

thetunnelimages

thetunnelimages2

Comentem.
Musicas para o post – Praan – Garry Schyman

 


[serie] Stranger Things

Opa, olha eu aqui novamente. Desde o meu ultimo post, venho assistindo algumas series americanas que ja acompanhava e algumas novas. Fiquei bastante triste porque uma que acompanhava foi cancelada, mas é a vida, então temos que seguir a vida. Pois bem, eu estou curtindo bastante a plataforma do Netflix, tem muita coisa boa para ver, haha. Se existisse um trabalho de assistir series e filmes e depois fazer uma opinião ou critica sobre, esse seria o ideal para mim, assisto muita coisa. Serie que hoje irei falar é nova, serie da própria Netflix, ela está investindo pesado e fazendo muito bem. Serie Stranger Things.

Serie boa, eu gostei bastante. Tem um ar nostálgico dos anos 80, amei toda a trama envolvida e mistério. A serie lembra muitas coisas de antigamente, posso até está falando besteira mas lembrou até de ET do Spielberg e Goonies. Mas o que achei mais lindo do filme é o tema que gosto bastante e que me fascina, o poder da mente. Parabéns a Netflix por trazer esse assunto de volta a uma serie. Existia uma serie de uma emissora que prefiro não falar, ELA conseguiu acabar uma serie boa sobre isso e acabou do nada, serie que tinha futuro, espero que amargue por bastante tempo.

Voltando, você irá gostar da serie por tudo envolvido e em especial sobre o personagem 011. Também a serie aborda RPG envolvida na diversão dos personagens. Ficou curioso. Corre lá e veja.

Stranger Things

Logo da Serie

Cenas da serie:

Cenas

na espera

comunicando o will

O trailer liberado pelo NetFlix:

Eu indico bastante. Comentem.

Musica para post: RadioHead – Burn the Witch

House S06 E21! Chocante!

Boa tarde gente, como bem diz o titulo do post, falando de série, e uma das minhas favoritas, House MD (ou “portuguesadamente” Doutor House), até que fim consegui terminar e ficar em dias com a série, já que estava dando prioridade ao Lost, como o Lost já teve seu fim (Gostei do fim, na verdade gostei de Lost por inteiro), comecei a trilhar o caminho do House e suas maluquices sobre a medicina em si.

Quem é fã do Hugh Laurie e da série sabe que o que falei no post foi verdade, capitulo mais chocante e inesperado por todos que assistiram, atitude feita pela Dra. Lisa Cuddy (Lisa Edelstein) no ter tido tudo para um pobre Doutor que estava num momento delicado e a qualquer momento entrar em recaída, e depois o mesmo mostrando um momento de superação e novamente cair e recaída.

O que posso admitir neste post é que quem não assistiu ou nunca teve vontade de assistir o MALUCO do House, indicação, é que assista, e otimo assistir algo que possa transmitir uma informação de comedia com ciencia.!

=]

musica para o post - Deck and Shecker - Infected Mushroom